Crie seu Spoiler

# 44
PUBLICIDADE 5

|

Lembra aquele fim de filme que não te agradou ou aquela personagem com potencial que ficou apagada? Nada disso precisa ser assim. Agora o final e as continuações quem escreve é você - ou alguém tão fanático quanto.

Texto Bárbara StefanelliDesign Denise Saito

|

Quem era #teamjacob e torcia para o garoto de abdômen tanquinho ficou inconsolável com o desfecho da saga "Crepúsculo". A personagem Bella, mocinha desajeitada dos livros de Stephanie Meyer, escolheu o vampiro Edward - a essa altura do campeonato, tomara que isso não seja spoiler para alguém. Mas quem disse que a história precisa ser necessariamente assim? Quem disse que Bella não pode se casar com o lobo Jacob ou que Katniss Everdeen precisa ser apaixonada por Peeta e não por Gale, em "Jogos Vorazes"? Bem, ok, foram os próprios autores das sagas. Eles têm esse direito. Mas a verdade é que isso pouco importa para alguns fãs - justamente os mais obcecados.

A imaginação dos escritores de fan fictions ou fanfics, como são chamadas essas histórias derivadas de sucessos de terceiros e normalmente publicadas na internet, vai muito além do que já foi impresso ou filmado. Para eles, as tramas que são objeto de culto podem tomar novos rumos ou, por que não, permitir outras sequências que nem de longe passam pela cabeça do autor original. Afinal, quem sabe melhor a necessidade de um enredo do que um verdadeiro fã? Meg Cabot, autora dos livros "O Diário da Princesa", sabia exatamente o que faltava a "Star Wars".

"Eu amava a princesa Leia e tinha o costume de escrever sobre as aventuras que ela tinha na juventude ou também sobre a filha dela, com Han Solo, na escola Jedi", conta Cabot em entrevista por e-mail ao TAB. "Conforme fui amadurecendo, percebi que queria ser uma escritora profissional. Então parei de produzir fanfictions sobre a Leia e passei a escrever sobre as minhas próprias princesas e cenários, que, eventualmente, se tornaram Mia (personagem) e Genovia (país fictício)." O interesse do público pelos livros foi tanto que, um ano depois do lançamento do primeiro volume, a princesa Mia foi interpretada pela então iniciante Anne Hathaway no cinema.

Durante a sua adolescência, Meg, que hoje tem 48 anos, não tinha o recurso da internet para publicar as historinhas sobre a heroína de "Star Wars". Já os jovens de hoje... A norte-americana Anna Todd, 26, trabalhava com contabilidade quando resolveu escrever sua própria fanfic. Ela, que já tinha o hábito de ler online esse tipo de texto, passou a lançar capítulos da história "After" no site Wattpad, uma popular plataforma de publicação que recebe, por dia, cerca de 250 mil novos textos - 63 mil são fanfics.

Esses números ficam pequenos ao lado do sucesso de "After". Segundo a administração do Wattpad, a história, publicada em cem capítulos curtos, contabiliza 1,3 bilhão de visualizações no site. A popularidade foi - e continua sendo - tanta que a fanfic, além de ter sido lançada em livro no fim de 2014, deve virar filme, já que os direitos foram comprados pelo estúdio Paramount. Mas a que se deve essa comoção? Bom, pegue Harry Styles, galã da boy band One Direction, e o coloque em uma trama semi-erótica-para-jovens-adultos, com contornos de "Cinquenta Tons de Cinza", e...pronto! Eis a fórmula da riqueza - e as inspirações declaradas de Anna.

O que Styles acha disso tudo? "Eu nunca falei com ele diretamente, mas se tivesse algum problema, os livros não teriam ido tão longe", diz a fã/autora. Apesar do alcance, Anna diz que tudo não passava de um passatempo. Ela acompanhava fanfics na web até que resolveu escrever a sua, enquanto seu marido servia na Guerra do Iraque. "Acho divertido fazer parte de plataformas como Wattpad e interagir com pessoas que estão escrevendo apenas pelo prazer de escrever sobre as coisas das quais são fãs", afirma. Eis uma diversão que pode, de fato, mudar sua vida.

|

O gênero "young adult" (jovens adultos, em tradução livre para o português) é um dos mais populares nas plataformas de texto. A seguir, leia trechos de "After" e de "All Across the World", este da brasileira Tati Lopatiuk, e conheça melhor essa categoria de escrita

"Hardin está de costas para mim, os músculos tensos sob a pele clara enquanto levanta a perna para acertar o saco de pancada preto pendurado no teto. Ele dá um soco em seguida; um baque alto se segue ao movimento, e ele o repete com o outro punho. Observo enquanto ele continua batendo e chutando o saco; ele parece tão violento, tão intenso, tão suado que mal consigo pensar direito enquanto o observo. Com movimentos rápidos, ele chuta com a perna esquerda, depois com a direita, e então os dois punhos acertam o saco com fluidez. É incrível. Sua pele brilha e está coberta de suor, e o peito e barriga estão um pouco diferentes de antes, mais definidos. Ele parece... maior. A corrente de metal presa ao teto parece que vai arrebentar com a força de Hardin. Minha boca está seca e meus pensamentos ficam mais lentos enquanto o observo e ouço os gemidos altos que escapam quando ele começa a apenas socar o saco."

Trecho extraído de "AFTER - DEPOIS DA ESPERANÇA", quarto volume da série escrita por Anna Todd

"Me deito ao seu lado e ele me puxa para perto, seu corpo quentinho de sono se cola ao meu e ele me beija sem que eu precise dizer nada. 'Nicolina, fica comigo pra sempre?', Daniel diz e penso que ele só pode estar sonhando. Ou sou eu? Não sei se ele me ama de verdade, mas sei que está me matando. Seus lábios têm gosto da noite que passamos juntos e eu o beijo uma vez e depois outra e mais uma, até que ele abre seus olhos muito azuis, um feixe de luz que me faz quase acreditar quando diz que vamos para Paris. Beijo seus olhos, o abraço e ele volta a dormir. 'All Across The World' tatuado no seu peito. Leio e entendo novamente. É lógico que Paris não quer dizer nada pra ele. É lógico que isso não deveria me iludir. Ainda assim, meu coração se sacode com o estrondo de mais uma promessa vazia. É inevitável dizer sim para Daniel."

Trecho de "ALL ACROSS THE WORLD", de Tati Lopatiuk, que decidiu escrever durante o tratamento de câncer no intestino. Ela se inspirou no músico Daniel Johns, ex-Silverchair, e publicou a história no Wattpad. "Esqueci um pouco quando estava escrevendo e queria que as pessoas que lessem se esquecessem da realidade também"

|

Utilize o gerador de fanfic do TAB para montar sua própria história e compartilhar nas redes sociais.
Basta seguir os passos abaixo.

Gênero literário

Sexo da personagem

Seu nome

Cenário

Ação

Final

Final

Ação

Final

Final

Ação

Final

Final

Cenário

Ação

Final

Final

Ação

Final

Final

Ação

Final

Final

Sexo da personagem

Orientação sexual

Seu nome

Cenário

Final

Final

Final

Cenário

Final

Final

Final

Orientação sexual

Seu nome

Cenário

Final

Final

Final

Cenário

Final

Final

Final

Sua fan fiction

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguida por Gollum. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelo Condado e ganhava de todos da turma. Naquele dia não foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo ficava para trás. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguida por Gollum. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelo Condado e ganhava de todos da turma. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo chegava perto. Ofegante, olhou para trás e a última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguida por Gollum. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelo Condado e resolveu colocá-los em prática. Naquele dia se sentiu mais forte do que nunca e acabou derrotando o inimigo. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguida por Gollum. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelo Condado e resolveu colocá-los em prática. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo vencia a batalha. A última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguida por Voldemort. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelos corredores da escola e ganhava de todos da turma. Naquele dia não foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo ficava para trás. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguida por Voldemort. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelos corredores da escola e ganhava de todos da turma. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo chegava perto. Ofegante, olhou para trás e a última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguida por Voldemort. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelos corredores da escola e resolveu colocá-los em prática. Naquele dia se sentiu mais forte do que nunca e acabou derrotando o inimigo. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguida por Voldemort. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelos corredores da escola e resolveu colocá-los em prática. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo vencia a batalha. A última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguida por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pela floresta e ganhava de todos da turma. Naquele dia não foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo ficava para trás. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguida por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pela floresta e ganhava de todos da turma. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo chegava perto. Ofegante, olhou para trás e a última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguida por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pela floresta e resolveu colocá-los em prática. Naquele dia se sentiu mais forte do que nunca e acabou derrotando o inimigo. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguida por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pela floresta e resolveu colocá-los em prática. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo vencia a batalha. A última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguido por Gollum. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelo Condado e ganhava de todos da turma. Naquele dia não foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo ficava para trás. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguido por Gollum. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelo Condado e ganhava de todos da turma. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo chegava perto. Ofegante, olhou para trás e a última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguido por Gollum. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelo Condado e resolveu colocá-los em prática. Naquele dia se sentiu mais forte do que nunca e acabou derrotando o inimigo. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Mordor quando se deu conta que estava sendo perseguido por Gollum. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelo Condado e resolveu colocá-los em prática. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo vencia a batalha. A última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguido por Voldemort. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelos corredores da escola e ganhava de todos da turma. Naquele dia não foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo ficava para trás. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguido por Voldemort. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pelos corredores da escola e ganhava de todos da turma. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo chegava perto. Ofegante, olhou para trás e a última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguido por Voldemort. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelos corredores da escola e resolveu colocá-los em prática. Naquele dia se sentiu mais forte do que nunca e acabou derrotando o inimigo. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Hogwarts quando se deu conta que estava sendo perseguido por Voldemort. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pelos corredores da escola e resolveu colocá-los em prática. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo vencia a batalha. A última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguido por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pela floresta e ganhava de todos da turma. Naquele dia não foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo ficava para trás. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguido por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como fugiria dele. Foi aí que passou a correr como nunca havia corrido em sua vida e, de repente, se lembrou dos tempos em que era criança. Naquela época, brincava de disputar corridas pela floresta e ganhava de todos da turma. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo chegava perto. Ofegante, olhou para trás e a última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguido por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pela floresta e resolveu colocá-los em prática. Naquele dia se sentiu mais forte do que nunca e acabou derrotando o inimigo. Não foi desta vez que o oponente conseguiu acabar com sua vida.

{name} estava andando por Panem quando se deu conta que estava sendo perseguido por presidente Snow. Então logo começou a pensar em como iria aniquilar seu inimigo. Foi aí que se lembrou de todos os golpes de luta que aprendeu pela floresta e resolveu colocá-los em prática. Só que naquele dia foi diferente e parece que quanto mais se esforçava mais o inimigo vencia a batalha. A última coisa que viu foi aquele golpe que brutalmente tirou sua vida.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor e eu sentia que Legolas estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Legolas em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor, mas eu sentia que Legolas estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Legolas, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts e eu sentia que Harry estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Harry em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts, mas eu sentia que Harry estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Harry, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem e eu sentia que Peeta estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Peeta em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem, mas eu sentia que Peeta estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Peeta, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor e eu sentia que Arwen estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Arwen em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor, mas eu sentia que Arwen estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Arwen, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts e eu sentia que Hermione estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Hermione em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts, mas eu sentia que Hermione estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Hermione, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem e eu sentia que Katniss estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Katinss em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem, mas eu sentia que Katniss estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Katniss, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor e eu sentia que Arwen estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Arwen em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor, mas eu sentia que Arwen estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Arwen, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts e eu sentia que Hermione estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Hermione em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts, mas eu sentia que Hermione estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Hermione, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem e eu sentia que Katniss estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Katinss em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem, mas eu sentia que Katniss estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Katniss, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor e eu sentia que Legolas estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Legolas em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Mordor, mas eu sentia que Legolas estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa no Condado e todos estavam comemorando o aniversário de Frodo, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Legolas, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts e eu sentia que Harry estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Harry em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Hogwarts, mas eu sentia que Harry estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na escola e todos estavam comemorando o aniversário de Neville, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Harry, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem e eu sentia que Peeta estava cada vez mais se aproximando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, sussurrou Peeta em meu ouvido. Ao virar, nossos lábios se tocaram pela primeira vez e finalmente nos beijamos apaixonadamente.

Os tempos já não eram mais sombrios em Panem, mas eu sentia que Peeta estava cada vez mais se afastando de mim. Era dia de festa na Capital e todos estavam comemorando o aniversário de Haymitch, quando, de repente, senti alguém tocar no meu ombro. {name}, disse Peeta, em um tom de voz sério. "Precisamos dar um tempo", completou. Foi o começo do nosso fim.

"Quando você escreve uma fan fiction, não se preocupa com o desenvolvimento da personagem ou construção de cenário, porque isso já foi criado pelo autor original"

Meg Cabot, autora dos livros "O Diário da Princesa", em entrevista para o TAB

|

O fenômeno pode ser recente, mas a prática da produção de fanfics não é nova. Obras como "Dom Quixote", de Miguel de Cervantes, por exemplo, ganharam suas versões "fan". O clássico foi publicado em duas partes - a primeira em 1605 e a segunda em 1615. "O livro teve muito boa aceitação e a primeira parte deixava em aberto a possibilidade de uma continuação, já que o final dava a entender que poderia continuar", conta Maria Augusta da Costa Vieira, professora de literatura espanhola da USP (Universidade de São Paulo). A brecha fez com que um entusiasta que conhecia bem o original se adiantasse e escrevesse um segundo volume extraoficial, sem autorização do autor, um dos maiores gênios da literatura ocidental. "Cervantes não suportou esse negócio. Ele sabia quem era o falso autor, mas não revelou seu nome, porque esse seria um modo de imortalizar essa pessoa", completa a professora.

Agora se um intervalo de dez anos no século 17 rendeu um livro inteiro, imagina o que a espera de um ano não proporcionou aos fãs de Harry Potter no século 21. Os livros de J.K. Rowling fizeram com que esse negócio de escrever fanfics chegasse a um novo patamar. A sede pelas continuações era tanta que os próprios seguidores da saga passaram a produzir seus finais ou continuações. E com as facilidades da era digital, esses adoradores de bruxaria compartilhavam as criações pela web ou criavam seus próprios fan sites na virada do século. Mas teve um pessoal que não gostou muito das histórias...

O tamanho do fenômeno foi tanto que a própria autora da saga e a Warner Brothers, detentora dos direitos, não sabiam como lidar com a questão dos direitos autorais. Heather Lawver Sewell, hoje com 30, tinha apenas 14 em 1999, quando criou o extinto site "The Daily Prophet", inspirado no jornalzinho de Hogwarts. "Muitos dos meus amigos estavam se apaixonando por ler graças a esse livro. Então pensei em canalizar esse novo amor por leitura para a escrita também e, com essa ideia em mente, criei o 'The Daily Prophet', um jornal online em que as crianças poderiam se tornar colunistas, escrevendo como se o mundo mágico de Hogwarts fosse real", afirma.

O sucesso foi imediato. Heather logo tinha 85 fãs escrevendo para o site e um acesso de 50 mil visitantes por mês. Mas a magia durou pouco. "Em dezembro de 2000, uma das colunistas veio chorando até mim. A Lindsay tinha uns 12 anos e tocava um fan site bem pequeno de Harry Potter. Ela estava triste, porque tinha recebido uma carta ameaçadora dos advogados da Warner, dizendo que, por administrar a página, ela estava violando patentes e direitos autorais", lembra. Essa situação (e tantas outras parecidas) fez com que Heather criasse um outro site, o PotterWar.com. A guerra estava declarada.

"Nossos sites basicamente diziam: 'Nós gostamos de Harry Potter, você também deveria'. Estávamos, se for pensar, fazendo propaganda gratuita. E foi usando esse raciocínio que resolvi fazer o boicote contra a Warner", afirma Heather. A mídia foi tanta em torno do PotterWar que ela, mesmo não tendo sido notificada judicialmente pelo estúdio, chegou a ir a programas de TV para falar sobre o assunto. Toda a campanha fez com que a empresa repensasse o ataque. Não foi num passe de mágica, mas a lição foi aprendida.

|

As criações dos fãs vão além dos textos. Pequenos filmes também fazem parte do fandom (universo dos fãs, em tradução livre para o português) e alguns resultados rivalizam com produções profissionais. Mas o que pensa o crítico Roberto Sadovski disso tudo?

"Enquanto ninguém estiver fazendo dinheiro com a obra de outra pessoa, não me importo. E ainda acho que fan fictions trazem muitos benefícios"

Neil Gaiman, autor dos quadrinhos "Sandman", postou o comentário acima em seu site

|

As fanfics serviram de pontapé inicial para cineastas e escritores de sucesso. Até a teledramaturgia nacional resolveu investir no fenômeno.

Kevin Rubio

"Troops", um fan film de 1997 inspirado em "Star Wars", rendeu uma carreira toda para Rubio. A filmagem foi sua porta de entrada para Hollywood. Ele chegou até a escrever um episódio da série "The Clone Wars", criada por George Lucas.

Cassandra Clare

A autora da série de livros best-seller "Os Instrumentos Mortais" começou a carreira escrevendo textos de "Harry Potter" e "O Senhor dos Anéis". Sua fanfic mais popular tem Draco Malfoy, um dos vilões de Hogwarts, como personagem principal.

Malhação

A novela pode estar no ar há 20 anos, mas não é por isso que deixou de se reciclar. A Globo tem gravado cenas inspiradas nas melhores fanfics recebidas dos telespectadores. O primeiro trecho roteirizado por um fã (imagem acima) foi exibido em julho.

E.L. James

Todo romance água com açúcar de Bella e Edward, de "Crepúsculo", não saciou os desejos desta autora britânica. Ela desejava algo mais... Erika Leonard, que escrevia fanfics do sofrido casal adolescente, queria que seus personagens sofressem ainda mais, mas com chicotes, mordaças e alguns tapinhas que doem. Foi aí que nasceu "50 Tons de Cinza", série de livros que recentemente virou um filme tão meloso quanto qualquer comédia romântica.

|

Também não é bem assim... Por mais que a Warner tenha amansado com os fãs de Harry Potter, há regras claras sobre o que se pode ou não fazer com uma obra. No direito norte-americano, tem o chamado "fair use". "É uma cláusula que permite, em certa medida, que se utilize da obra autoral alheia sem ter autorização do autor", explica o advogado Heitor Miranda, do escritório Cortez, Rizzi e Miranda.

"Existe uma série de critérios que definem o 'fair use'. Por exemplo, se um fã nos EUA escreve sobre a obra e não está comercializando em cima do que produziu, então ele está seguindo todos os elementos do 'fair use', sem infringir o direito do autor", afirma Miranda. Já a lógica no Brasil é que a autorização do detentor dos direitos autorais se faz necessária toda vez que alguém vai fazer uso de uma obra. Isso se torna um problema por causa da nova cultura colaborativa, tão rápida quanto a internet. Os jovens querem escrever sobre o filme, série ou sobre aquele famoso que acompanham nas redes sociais. E querem fazê-lo agora.

Monica Guise Rosina, professora de propriedade intelectual da FGV-SP (Fundação Getulio Vargas de São Paulo), estuda a fundo esse tipo de produção do ponto de vista jurídico e mapeou o cenário de fanfic no Brasil. O resultado da pesquisa será publicado só no ano que vem, mas, enquanto isso, ela dividiu algumas de suas descobertas com o TAB. "De forma geral, quem escreve são meninas jovens, a partir dos 12 anos. A maioria se encontra na faixa dos 15", afirma.

Mas por que a lei de direitos autorais brasileira jogar esses autores na ilegalidade? "Sem autorização dos autores originais das obras, em tese todo mundo infringe. Então queríamos entender se esse pessoal está preocupado com isso", explica Monica. E está? "Nossa, nem passa pela cabeça deles. Essa questão de direito do autor está longe de ser uma preocupação. E não acho que deva ser. Na verdade, acredito que é a lei que deveria mudar", completa.

Durante sua pesquisa, Rosina diz que não encontrou nenhum caso judicial no Brasil, mas, para ela, "ninguém quer ter a nuvem do 'eu posso ser processado' pairando pela cabeça". Quem já passou a olhar para isso foi a Amazon, que criou o Kindle Worlds, uma área do site que apenas comercializa fan fictions.

|

Comparamos os números de livros vendidos à quantidade de histórias publicadas sobre o mesmo tema na plataforma de textos Wattpad

Crepúsculo

A série de livros escrita pela norte-americana Stephenie Meyer foi um sucesso editorial. Publicada em 2005, a história chegou aos cinemas em 2008, conquistando ainda mais fãs

Original

6 Milhões Exemplares da saga vendidos no Brasil

Fan fiction

490 Mil Uploads de histórias no Wattpad

Fan fiction

13,7 Milhões Uploads de histórias no Wattpad

Original

71 Mil Exemplares vendidos no Brasil

One Direction por Danny White

Não tem para ninguém no momento. Entre os fan writers, não há outra banda ou famoso que faça mais sucesso que a banda britânica One Direction

Jogos Vorazes

Apesar da popularidades nas telonas, a saga da Katniss Everdeen, interpretada por Jennifer Lawrence, não fez o mesmo sucesso editorial que "Crepúsculo"

Original

700 Mil Exemplares da saga vendidos no Brasil

Fan fiction

700 Mil Uploads de histórias no Wattpad

"Minhas personagens são como filhos. Não quero as pessoas escrevendo sobre elas, obrigada. Mesmo as que dizem amar meus filhos. Tenho certeza que é verdade. Mas mesmo assim..."

Comentário que George R. R. Martin, autor dos livros que deram origem à série "Game of Thrones", fez em seu blog

|

Pode ser que sua fanfic não seja um estouro nem vire um filme, como aconteceu com a de Anna Todd. Mas também pode ser que essas tardes em frente ao computador, escrevendo fantasias de maneira voluntária, tragam outros benefícios. A redatora publicitária Tati Lopatiuk, 31, foi diagnosticada com um câncer no intestino em outubro do ano passado. Foram seis meses de quimioterapia. A cada duas semanas, três dias seguidos de tratamento.

"Eu disse para o médico que gostava de escrever e ele me deu um livro de um cara que contou a trajetória dele no câncer, mas eu não queria falar de algo deprê. Aí o Daniel Johns [vocal do extinto grupo Silverchair] voltou com carreira solo e me reconheci na história dele. Ele superou a anorexia", diz Tati, que em janeiro de 2015 passou a publicar capítulos da história "All Across the World" no Wattpad. "O sucesso que fez me ajudou, porque eu vi que tinha algo para me dedicar, que as pessoas estavam gostando de verdade. Aquilo me deixava feliz, me dava força", afirma.

O enredo tem como protagonista uma jovem de 23 anos que se apaixona pelo fotógrafo Daniel. Para formar o triângulo amoroso, entra mais um rapaz, este baseado no ator Paul Rudd. Com quem a mocinha deve ficar: com o bonzinho das comédias românticas ou o roqueiro depressivo? Enredo digno de novelão. A audiência pode não encostar na do horário nobre, mas o desenrolar rende, sim, algumas comparações. "Eu escrevia para mim, mas muita gente começou a ler e aí comentavam, davam ideias. A opinião das pessoas me dava outro olhar, mudava minha percepção. Aí a história foi mudando por conta da interação", explica Tati.

Claro que, para tudo isso valer ainda mais a pena, seria bom que a leitura fosse de qualidade. O que nem sempre acontece... Muito do que se vê por aí são textos com erros de português, de continuidade, com frases mal elaboradas. Para a autora de "All Across the World", no entanto, tudo é válido. "Tem coisas que realmente são muito mal escritas, mas aí você vê que foi feita por uma pessoa de 13 anos, sabe? Imagina quando ela tiver 18 ou 20 anos. Acho isso o máximo, ela está tentando. É superior a qualquer erro", avalia. Esse final tem tudo para ser feliz mesmo e, pelo visto, não será escrito por uma pessoa só.

Bárbara Stefanelli

Editora-assistente de Mulher. Não tem fãs, mas já viu muita reportagem sua reproduzida por aí. Só pede que coloquem os créditos.

tabuol@uol.com.br

Leia muito

"Para escrever bem é necessário gostar de ler. Então a dica básica é: para poder escrever bem, leia bastante. Isso enriquece o vocabulário e refina a eloquência da escrita", Lana Beatriz Thomé, 33, administradora do site Spirit

Sinônimos

"Uma das coisas que mais empobrecem a leitura de um texto é a repetição de palavras.Então, quando encontrar duas palavras iguais muito próximas uma da outra, troque por um sinônimo", Bárbara Stefanelli, 29, repórter do TAB

Não se prenda

"Uma das coisas legais da fanfic é narrar a história em 1ª pessoa, sob a ótica da personagem. Isso ajuda a dar mais identidade à personagem", Tati Lopatiuk, 31, autora da fanfic "All Across the World"

Inspirações

"Outra opção é montar uma pasta de referência, no computador ou no Pinterest, com as suas inspirações de roupas e locais da história", Tati Lopatiuk, 31, autora da fanfic "All Across the World"

Calma!!!

"Cuidado para não terminar cada frase da sua fanfic com uma exclamação; isso acaba empobrecendo o texto. Escolha bem os momentos que merecem ser enfatizados", Bárbara Stefanelli, 29, repórter do TAB

Sem obrigação

"Normalmente, a gente se empolga para escrever e logo quer ver a história pronta e acabada, mas é legal deixar para criar apenas quando realmente estiver com vontade", Tati Lopatiuk, 31, autora da fanfic "All Across the World"

Mande sua dica

Não é preciso ser um Machado de Assis para escrever uma fanfic popular, mas também não dá para passar vergonha publicando erros de português ou textos muito mal elaborados. Mande sua dica de português ou de estilo de redação por e-mail, Twitter ou mensagem inbox do Facebook. As melhores serão publicadas na página do TAB.

Dê pausas

"Às vezes, na empolgação, muita gente acaba se esquecendo de dar pausas ao texto e as frases ficam gigantescas, confusas e cansativas. Portanto, não esqueça das vírgulas e dos pontos finais", Bárbara Stefanelli, 29, repórter do TAB

Playlist

"Uma coisa que pode ajudar a trazer mais elementos para a história que pretende contar é imaginar uma trilha sonora para ela e montar uma playlist que te inspire a escrever", Tati Lopatiuk, 31, autora da fanfic "All Across the World"

Leia e releia

"Ter cuidado com a formatação do texto e caprichar na revisão dele", Lana Beatriz Thomé, 33, administradora do site Spirit

Sem "internetês"

"O uso em demasia de abreviações, como 'vc', 'tbm' e 'qdo', a troca do 'q' pelo 'k' e o uso de emoticons para descrever emoções prejudicam a qualidade", Lana Beatriz Thomé, 33, administradora do site Spirit

Faça anotações

"Ter sempre um caderninho em mãos, de papel ou no celular mesmo, é bom para anotar ideias que surgem fora de hora ou para montar um roteiro antes de escrever e assim não se perder", Lana Beatriz Thomé, 33, administradora do site Spirit

Estude o tema

"Também é importante pesquisar bastante sobre o tema escolhido, para evitar gafes e ter mais profundidade e habilidade ao falar de determinado assunto", Lana Beatriz Thomé, 33 anos, administradora do site Spirit

Esta reportagem também contou com apoio de:

Julia Guglielmetti, produção de moda; marcas Lis Marques, Marisa e Renner; Natália Engler, modelo da capa; Tali Calle, maquiagem modelo; Roberto Sadovski, crítico de cinema.

é um conteúdo produzido semanalmente pela equipe do UOL. Nossa missão é entregar uma experiência única e interativa com conteúdo de alta qualidade, em formatos inovadores e com total independência editorial. TAB só é possível por causa do patrocínio de algumas marcas, que também acreditam em conteúdo de qualidade. We them big time.