PUBLICIDADE
Topo

Volta para tua terra: em Portugal, imigrantes brasileiros combatem preconceito com poesia

13/07/2021 04h00

Morando há quase quatro anos em Lisboa, Ana Paula Vulcão, 38, é uma das 49 poetas cujos versos compõem a antologia "Volta para a tua terra", recentemente lançada pela editora Urutau. "Sangue que não estanca/ Com nenhum tipo de unguento/ Mas eu aguento/ eu aguento", dizem os versos finais do seu poema "Terra à vista".

O livro, de subtítulo "uma antologia antirracista/antifascista de poetas estrangeirxs em Portugal", reúne escritores de nove países, quase todos antigas colônias europeias. O lançamento da obra coincidiu com o momento em que proliferam relatos de situações de preconceito linguístico de brasileiros vivendo em cidades portuguesas.