Topo

Notícias


Perfis fake e pornografia: fique atento aos golpes no TikTok

Tik Tok - Alexandre Moura / Uol
Tik Tok Imagem: Alexandre Moura / Uol

Do TAB, em são Paulo

15/08/2019 15h12

No ar há pouco mais de um ano, o TikTok conquistou a geração Z por conta da dinâmica de vídeos rápidos e engraçados rolando na tela. Mas, segundo pesquisadores, já há sinais de golpes na nova rede social.

Satnam Narang, pesquisador de cybersegurança, publicou um artigo sobre três esquemas que observou presentes no TikTok desde março. "Estes golpes são recentes e é interessante observar o progresso deles ao longo dos meses", afirmou em entrevista ao site Slate. "Da mesma forma que marcas procuram oportunidades de promover anúncios em uma plataforma como o TikTok, os golpistas veem da mesma maneira. Eles estão apenas procurando maneiras de monetizar."

O primeiro golpe que Narang observou foi a presença de indícios de pornografia na rede. Usuários postam vídeos de mulheres seminuas e redirecionam o espectador para outras plataformas, como o Snapchat, e cobram um tipo de assinatura pelo conteúdo completo.

Outro golpe é aplicado para conquistar seguidores. Vários usuários da rede tentam ensinar como aumentar o número de seguidores cobrando assinatura de outros aplicativos que geram contas falsas para seguir e curtir o assinante.

Mas nem todos os golpes buscam lucro monetário. Há usuários que copiam conteúdo de pessoas mais populares na rede para conquistar ainda mais seguidores usando hashtags. As contas fake de celebridades às vezes acabam recebendo até o selo de conta verificada, o que torna ainda mais difícil derrubar o usuário.

Um porta-voz do TikTok enviou uma nota ao Slate afirmando que possui políticas rigorosas contra conteúdo falso. "Sinalizamos e removemos a maioria das contas de spam antes que elas alcancem os feeds dos usuários, e aprimoramos continuamente nossas proteções, mesmo que os agentes maliciosos trabalhem para evitar nossas salvaguardas."

Fique por dentro de comportamento e cultura seguindo o TAB no Instagram e tenha conteúdos extras sobre inovação, tecnologia e estilo de vida.

Mais Notícias