PUBLICIDADE

Topo

Inovar e transformar: Path chega à 8ª edição em formato online e gratuito

Festival Path de 2019 ocorreu de forma presencial; presença online veio para ficar a partir de 2020 - Iwi Onodera/UOL
Festival Path de 2019 ocorreu de forma presencial; presença online veio para ficar a partir de 2020 Imagem: Iwi Onodera/UOL

22/11/2020 04h00

Com mais de 500 horas de programação e esperando atingir 10 milhões de pessoas, o Festival Path chega à oitava edição em 2020 em formato totalmente online. Serão mais de 150 atrações: palestras, shows, workshops, hackathons e mostra de filmes, em três estúdios simultâneos. As mais de 50 horas de programação serão exibidas de forma gratuita, pela internet, entre os dias 24 e 27 de novembro.

"Nosso propósito é inspirar para gerar transformação. A gente tem o papel de abrir espaço para aqueles que não têm visibilidade na grande mídia ou por serem movimentos novos", define ao TAB Fabio Seixas, fundador e diretor de conteúdo do festival.

Sob o lema "Novos caminhos, mais conexões", o Path de 2020 traz nomes como Flávio Canto para falar de inclusão no esporte, Igor Rickli e Aline Wirley para discutir equidade de gênero na paternidade e maternidade, Alex Atala falando de geração de valor, Tamara, Max Fercondini e Fabio Seixas discutindo "Aventura é nosso propósito de vida", entre outros. Claro, o mundo conectado não fica de fora: cancelamento, positividade tóxica e até RH digital estarão em pauta.

"A nossa ideia aqui é que essa inspiração de tantos assuntos faça com que as pessoas cliquem, tenham insights e conectem esses pontos, que parecem muito distantes mas no fim têm muito em comum. E, a partir dessa inspiração e dessas conexões, possam também inovar nas suas vidas", afirma Seixas.

 Fabio Seixas, fundador e diretor de conteúdo do Festival Path - Divulgação - Divulgação
Fabio Seixas, fundador e diretor de conteúdo do Festival Path
Imagem: Divulgação

Digital que veio para ficar

Na onda de trazer inovação a todos os cantos do Brasil, a transformação no formato do evento veio para ficar. "A gente está conseguindo não só botar o Path de pé pelo oitavo ano, mas também aprendendo que demorou para ativar o universo digital dessa forma", confessa Seixas. "Como negócio, também vai ser uma transformação daqui para frente. A gente nunca mais vai ter só um evento físico que acontece só em uma geolocalização específica, numa data específica."

O diretor de conteúdo do Path explica que a ideia é, a partir de agora, ter edições híbridas, atingindo também quem não consegue vir a São Paulo assistir ao evento de perto. Isso porque o digital traz limitações, mas também novas possibilidades.

Distante, mas intimista

Além de atingir mais gente, é possível mudar o formato de algumas atrações, como os próprios shows. Mesmo que não dê para curtir a música e cantar junto em uma pequena aglomeração, como foi possível em anos passados, desta vez vai dar para ouvir um pouco mais do processo de criação dos músicos. "Neste ano a gente optou por shows que são quase bate-papos. Com esse formato digital, a gente consegue criar um ambiente mais intimista para esse ou essa artista não só tocar, mas dialogar com o nosso público", conta Seixas.

O TAB fará a cobertura de todos os dias do Festival Path Digital 2020. Acompanhe pelo nosso site e redes sociais.

Serviço

Festival Path Digital 2020
Data: de 24 a 27 de novembro
Inscrições gratuitas e programação completa: www.pathdigital.com.br