PUBLICIDADE

Topo

Fora da Curva #11: Desafios trazidos pelo coronavírus são diferentes para cada geração

Mais Fora da Curva
1 | 23

23/04/2020 04h00

No décimo primeiro episódio do podcast "Fora da Curva", a empreendedora e criadora de conteúdo Monique Evelle entrevista o antropólogo Michel Alcoforado, especializado em antropologia do consumo pela University of British Columbia.

O bate-papo foi sobre o cenário pós-pandemia e sobre como estamos entrando em um momento de relações econômicas, de consumo, trabalho e afeto desmaterializadas. Tentar entender como isso implica na forma como interpretamos o mundo e como o próprio capitalismo pode passar por mudanças foram apontamentos feitos pelo antropólogo, que sinaliza que muitas coisas vieram para ficar.

Alcoforado foi direto ao afirmar que o futuro está em suspenso, e que isso impacta principalmente a Geração Z (nascidos de 1995 até 2010) e a visão pragmática que tinham com a vida, difersa da geração anterior [millennials] (ouça a partir de 07:09).

"Esse futuro acabou, está suspenso. Então agora, coitado, o garoto que entrou na faculdade achando que iria virar CEO com 22 anos porque iria ter sua própria startup ou iria conseguir ter um emprego e ganhar muito mais do que os pais que não tiveram o mesmo estudo [...] ele agora está com o futuro suspenso, está preso dentro de casa. Ele não sabe nem se vai se formar", analisou o antropólogo.

Alcoforado lembrou que estamos vivendo um jeito completamente desmaterializado de se relacionar com o mundo, e que trouxemos o vocabulário do digital para nossa vida, hoje carregada pela "economia digital" e seus conceitos: a atenção, o tédio e a ansiedade. Ele explicou como esses aspectos se relacionam com o capitalismo (a partir de 12:47).

"O ansioso é aquele que se antecipa ao tempo. O ansioso é aquele que não está satisfeito com o presente, ele tá querendo viver na barreirinha, quase na portinha entre o presente e o futuro. E o capitalismo gosta disso, porque os empreendedores, que são aqueles que o capitalismo mais quer, são pessoas que conseguem materializar um futuro no presente, porque conseguiram ser inconformados com a vida e ansiosos diante da potencialidade da mudança. E aí, morreremos todos desse jeito. Então, não tem muito para onde sair, para onde fugir. Eu brinco que é: medita, respira, faz a sua yoga e tenta enfrentar o mundo, que o mundo precisa de batalha, viver é duro", disse ele.

Michel Alcoforado é colunista no TAB, trabalhou no Canadá prestando consultorias para agências especializadas em pesquisa de mercado, comportamento do consumidor e tendências de consumo. No Brasil, fez pesquisas sobre comportamento de consumidor on e offline, especializou-se em planejamento estratégico de comunicação e trabalhou como estrategista para grandes marcas. É também sócio-diretor da Consumoteca, boutique especializada no consumidor brasileiro, e membro do Instituto Millenium. Pós-graduado em Comunicacão Integrada na ESPM e em Brand Luxury Management na London College of Fashion. Atualmente, cursa MBA na Berlin School of Creative Leadership / Steinbeis University.

"Fora da Curva" vai ao ar às quintas. Sua apresentadora, Monique Evelle, foi eleita em 2017 pela revista "Forbes" como Under 30 (personalidades de destaque com menos de 30 anos), é autora do livro "Empreendedorismo Feminino: Olhar Estratégico sem Romantismo", idealizadora da plataforma Desabafo Social e sócia da Sharp, empresa de inteligência cultural. Também realizou três palestras no evento TEDx e foi repórter do programa "Profissão Repórter". No início de 2019, criou o podcast "Intuições Promissoras", que ganha continuidade com o programa "Fora da Curva".

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Fora da Curva, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.