PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Caoscast

Conversas sobre comportamentos e tendências que fazem a cabeça dos brasileiros


CAOScast: Um ano de pandemia

Mais Caoscast
1 | 23

Do TAB

18/03/2021 04h00

Como foi que seus planos mudaram durante a pandemia? A pergunta já não é mais nem "se", e sim "como", afinal, todo mundo precisou recalcular a rota de alguma maneira desde março de 2020. Mesmo que o desvio tenha sido pequeno, as alterações vieram para todos.

Essas mudanças no GPS da vida são o tema do mais novo episódio de CAOScast veiculado em TAB. Nesta semana, os caóticos falam daquilo que não gostariam de estar falando: um ano de covid no Brasil. Clica no arquivo acima para conferir!

"Nesse primeiro momento, em março de 2020, a gente teve que suspender planos. Foi um momento em que todo mundo entendeu e falou: 'meu deus, eu preciso ver o agora, dar conta do que está rolando, depois eu faço aí grandes mudanças na minha vida.' Só que a gente achou que isso ia durar pouco tempo?" diz a líder de pesquisa Marina Roale (ouça a partir de 7:47). E aí completamos um ano de pandemia. Nesse tempo, as pessoas começaram a retomar os planos que tinham deixado inicialmente em suspenso. Sem saber por quanto tempo teríamos que nos resguardar e cuidar com o contágio, achamos melhor adiar as grandes decisões. Agora, depois de doze meses sem luz no fim do túnel, isso muda.

"Tem basicamente três pilares de comportamento que têm sido um padrão na vida das pessoas na hora de recalcular essa rota, que são: o hiper planejamento de tudo, a nova etiqueta da vida social, e o adiantamento dos sonhos", afirma Roale (a partir de 8:50).

Explicamos. O primeiro ponto é que não dá mais para sair na rua sem planos, deixar o dia te levar de uma cervejinha no almoço de domingo para um café no espaço novo que abriu no bairro e depois uma visitinha surpresa a um amigo — ou seja, estamos planejando tudo nos mínimos detalhes. Em segundo lugar, incorporamos novos comportamentos, como uso de máscara, encontros reduzidos, recusa de convites: criamos novas etiquetas. Por fim, já não parece mais fazer sentido esperar anos para realizar determinados sonhos. A pandemia deixou claro que nossa ilusão de controle sobre a vida não passa disso: uma ilusão. Não seria melhor então fazer acontecer agora mesmo?

"O adiantamento dos sonhos é essa ideia de que, na verdade, fazer planos é um sinal de algum otimismo. E as pessoas perderam um pouco aquela culpa inicial que a gente tinha por querer seguir a vida mesmo com a pandemia (...) Essa ideia está muito conectada com a ideia de positivar a pandemia de alguma forma", avalia a pesquisadora Rebeca de Moraes (a partir de 24:36).

Há quem tenha até mudado de casa, de cidade e de estilo de vida. Seja o êxodo urbano de quem teve o privilégio de viver na tranquilidade do interior, sejam pequenas fugas de fim de semana (ou estadias estendidas em home office) para quem quer experimentar esse estilo de vida por alguns dias.

Tem até negócios surgindo desses planos de pandemia, como é o caso da página Achados do AirBnb, no Instagram. Os caóticos entrevistaram a criadora, Larissa Pereira (que ainda por cima é médica da linha de frente contra a covid) sobre o desejo de mudança de ares, e você pode conferir o que ela disse no episódio. TAB também tem um perfil de Pereira, que você pode ler clicando aqui.

"Eu nunca pensei que ia ser rural e agora sou", confessa o antropólogo Michel Alcoforado. "Não tinha nem esse plano, adiantei, criei um plano que não tinha", brinca ele no episódio (ouça a partir de 26:56). Para descobrir os planos de vida dos outros membros da trupe e fritar as ideias refletindo sobre as novas direções da sua própria vida, ouça o episódio completo e fresquinho acima.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir CAOScast, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube.